ABSTRAÇÕES IMPERFEITAS: O USO DE TEORIAS E DE CONCEITOS EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

  • Bruno Theodoro Luciano

Resumo

O presente artigo objetiva apresentar a utilização e as limitações das teorias em Relações Internacionais,
bem como discutir a potencialidade de intercâmbio da mesma pelo uso de conceitos, tal como sugerido
por Amado Cervo em artigo e congressos recentes. Com base na Teoria Crítica e nos Estudos Pós-
Coloniais, discute-se a interpretação da “teorização” como instrumento hegemônico e a preferência
pela “conceitualização” como recurso descolonizador. Ambas as abordagens apresentam vantagens e
“armadilhas”, limitações para a construção de conhecimento. Esse estudo pretende avaliar as duas faces
da aplicação tanto de conceitos como de teorias e indicar modelos alternativos de se pensar RI, sem
descartar plenamente os dois instrumentos de abstração explorados.

Publicado
2015-08-25
Como Citar
LUCIANO, Bruno Theodoro. ABSTRAÇÕES IMPERFEITAS: O USO DE TEORIAS E DE CONCEITOS EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS. SÉCULO XXI: Revista de Relações Internacionais - ESPM/Sul, [S.l.], v. 4, n. 1, p. 73-88, ago. 2015. ISSN 2236-871X. Disponível em: <http://seculoxxi.espm.br/index.php/xxi/article/view/98>. Acesso em: 06 jun. 2020.