A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO GEISEL (1974-1979)

  • Filipe Almeida do Prado Mendonça
  • Shiguenoli Miyamoto

Resumo

A década de 1970 foi marcada por questionamentos a respeito da ordem internacional ocidental, sob a
liderança dos Estados Unidos. A ruptura com as instituições de Bretton Woods, as crises do petróleo,
a percepção de que os Estados Unidos estavam em franco declínio, entre outros eventos, são algumas
questões que delimitam o período e colocam desa'os para o Brasil. A política externa do governo
Geisel, denominada “Pragmatismo Responsável e Ecumênico”, buscou neste contexto readequar o
posicionamento brasileiro no cenário internacional. Neste artigo, buscaremos analisar os impactos
desta conjuntura na política externa brasileira, com destaque para o posicionamento brasileiro diante
da crise econômica internacional da década de 1970 e o distanciamento dos Estados Unidos.

Publicado
2015-08-20
Como Citar
MENDONÇA, Filipe Almeida do Prado; MIYAMOTO, Shiguenoli. A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO GEISEL (1974-1979). SÉCULO XXI: Revista de Relações Internacionais - ESPM/Sul, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 11-29, ago. 2015. ISSN 2236-871X. Disponível em: <http://seculoxxi.espm.br/index.php/xxi/article/view/25>. Acesso em: 18 abr. 2019.
Seção
Artigos